HSL realiza campanha em prol do meio ambiente

O Hospital São Luiz (MT) realizou, pela terceira vez, a “Campanha de Limpeza do Rio Paraguai”. Esta ação acontece anualmente e sempre no período de início da piracema, em novembro, que é quando o rio enche e os peixes sobem para desovar e dar novas vidas às águas do pantanal.

Esta ação acontece com a ajuda dos colaboradores, fornecedores e fazendeiros, que recebem os voluntários em suas casas para suporte terrestre, oferecendo água e alimentação, além de fornecer as embarcações para que seja recolhido o lixo que, neste ano, chegou perto dos 2 mil quilos.

Iniciativa em defesa do meio ambiente

Gabriela Benita Winand, de 9 anos, aluna do 4º ano do Ensino Fundamental do Colégio Santa Catarina (MG), é uma dessas pessoas que enchem todos de esperança na busca por um mundo melhor. Ao aprender sobre a poluição do ar e da água e as consequências disso para a vida na Terra, a menina resolveu agir: imprimiu um texto e saiu batendo de porta em porta no prédio onde mora colhendo assinaturas dos vizinhos que se comprometiam a fazer algo em prol do meio ambiente.

“Depois que a gente estudou sobre a água, a professora passou um vídeo que me comoveu muito, falando sobre os problemas que a população enfrentaria se a água potável acabasse e eu não quero que isso aconteça. Por isso decidi fazer esse abaixo-assinado, para fazer a minha parte.”, explica a estudante.

A família da Gabi apoiou a ideia da menina que, além do abaixo-assinado, resolveu também distribuir bottons para quem assinasse o documento. Os “broches” foram feitos de forma manual pela garota, que cortou os papéis, desenhou e escreveu um por um. Contente com o resultado do movimento que criou, a estudante resolveu fazer o mesmo para alertar as pessoas sobre os riscos da poluição atmosférica. “A gente aprendeu que a poluição afeta a camada de ozônio e, com isso, está havendo um aquecimento global. Aí, dei continuidade e fiz mais um abaixo-assinado também contra a poluição do ar”.

Projeto Meio Ambiente na Creche Madre Regina

A Educação Ambiental não deve ser tratada como algo distante do cotidiano das crianças, mas sim como parte de suas vidas. A conscientização quanto à preservação do meio ambiente deve começar cedo, pois é mais fácil as crianças entenderem a importância da natureza para que cresçam com essa ideia bem formada.

Na semana em que se comemorou o meio ambiente, a Creche Madre Regina (CE) mostrou para as crianças a necessidade de cuidar da Terra com simples atitudes, como gastar pouca água no banho, na escovação dos dentes, além de valorizar as plantas, os rios e reciclar materiais, tirando do meio ambiente os objetos que levariam décadas para desintegrar.

As crianças começaram a aprender a importância da reciclagem na Creche por meio do Projeto “Meio Ambiente”. As aulas de arte são muito boas para fazer essa iniciação, pois é possível criar coisas incríveis com materiais reciclados e a criançada assimila rapidamente as informações. Ainda no Projeto, as crianças tiveram a aula prática “Passeio no Parque Ecológico de Fortaleza”, no qual levaram um saquinho e recolheram objetos que são jogados na rua. Além disso, realizaram o plantio de girassol e trabalharam a música “O Girassol”, de Vinicius de Morais. No retorno à Creche, fizeram uma reflexão sobre o tema.

Casa da Criança de Vila Mariana e o Meio Ambiente

A Casa da Criança de Vila Mariana, com a intenção de diminuição de gastos, cuidados com o meio ambiente e conscientização por parte das crianças, instalou uma caixa d’água para captação de água da chuva.

A água captada é utilizada para lavagem do pátio externo e a irrigação de plantas e horta.  Com isso já tivemos um valor significativo em nossa conta de água.

As crianças da Casa tiveram aulas explicativas sobre a importância de cuidarmos do nosso planeta e exemplos do cotidiano que ajudarão cada um a fazer  sua parte e preservar o meio ambiente.