Histórias de valor no Lar Madre Regina

Uma família prestou uma linda homenagem aos colaboradores que se dedicam ao cuidado dos idosos no Lar Madre Regina (SP). Em dezembro de 2012, a Casa acolheu um casal, o Sr. Décio Lopes, que faleceu no dia 16 de março de 2014, e a Sra. Beatriz Baptista Lopes, que faleceu em 19 de setembro de 2015.

Em reconhecimento ao serviço prestado pelos colaboradores durante o tempo em que o casal residiu no local, a filha do casal, Célia, escreveu em nome da família uma carta onde expressa sua gratidão pelo tempo dedicado ao cuidado dos seus pais. “Quero deixar meus agradecimentos a toda a equipe, desde os porteiros, cozinha, limpeza, diretores, assistente social e, em especial, às enfermeiras, auxiliares de enfermagem e cuidadoras, que sempre trataram muito bem os meus pais, com paciência e carinho, e até de nós, quando nos dirigiam palavras de conforto”, diz na carta.

Por fim, ela relembra as visitas e o amor que os profissionais do Lar Madre Regina têm pelo trabalho que realizam. “Obrigada pelo tempo que dedicaram aos meus pais Décio e Beatriz e que Deus os presenteie em dobro por tanta dedicação e amor com os idosos”, conclui.

Oficina Cultural resgata memórias da infância no Lar Madre Regina

Em agosto, a psicóloga Silvana Cava realizou uma oficina cultural com acolhidos do Lar Madre Regina (SP). O trabalho foi realizado com o livro “Contos da Realidade – Vagalumes e Outros Bichos”, de Pedro J. Cardoso, que se apresentou e dialogou com os idosos. A ação também contou com o apoio da encarregada técnica, Ana Rosa.

A leitura dos contos deste livro contribuiu para desenvolver um trabalho de resgate das memórias da infância e das experiências na fazenda, que a maioria destes idosos vivenciou.

Lar Madre Regina recebe a Pet Terapia

No final de março, os residentes do Lar Madre Regina receberam a visita do Instituto MAPAA para mais uma sessão da Terapia Assistida por Animais – Pet Terapia – para trabalhar o bem-estar e crescimento por meio da interação homem-animal.

A terapia ocorre quinzenalmente e é uma inovação no atendimento de reabilitação física e saúde mental. No mesmo dia, os residentes foram presenteados com uma bolsa do Instituto MAPAA que também fez muito sucesso entre eles.

Lar Madre Regina recebe doações

Em 22 de dezembro, o Lar Madre Regina (LMR) recebeu doações de uma Campanha do Condomínio Parque do Sol, que fica em frente a entidade. As nove torres do condomínio participaram da ação.

Gerson Magalhães, gerente executivo do LMR, conta quais foram os presentes, “recebemos fraldas, material de higiene pessoal e alimentos. As fraldas supriram as necessidades da Casa por quatro dias, os alimentos por três e os produtos de higiene pessoal por cerca de um mês”. A quantidade de donativos foi tão grande que a entrega dos produtos foi feita de caminhão.

Emoção e carinho no Natal Solidário

Todo mundo já sabe que graças à solidariedade dos colaboradores, que generosamente, contribuíram com a adoção das sacolinhas, a ação Natal Solidário foi um sucesso! O que alguns ainda não sabem é o quanto esta iniciativa pôde proporcionar alegria e bem-estar. Algo que só quem fez parte pode explicar.

Ação é praticada na ACSC há anos. Inicialmente se dirigia apenas às Casas que atendiam crianças em São Paulo e, em 2013, foi estendida para todas as Creches do Brasil e incluiu o Lar Madre Regina, Casa que atua na assistência de idosos.

Nesta edição, a campanha beneficiou 990 pessoas, que foram abençoadas com presentes lindos. Mais que isso, cada indivíduo experimentou momentos de pura fraternidade, amor e júbilo. A Gerente Corporativa de Gestão de Pessoas, Elizabeth Leonetti, revela que o desafio foi grande, “desde a confecção das sacolinhas, que contou com a área de costura do Hospital Santa Catarina (HSC), o empenho das Casas, até o apoio que recebemos da Cooperativa para a entrega dos presentes às crianças da Creche Madre Regina, no Ceará”, diz.

Elizabeth aproveita a oportunidade para agradecer a todos os colaboradores e parceiros que contribuíram para que mais de 900 crianças tivessem um Natal especial e para que os idosos recebessem através dos presentes, cuidados especiais. “Nosso desafio para o futuro será garantir a logística de entrega e o transporte para os locais distantes”, explica a gerente.

Visita dos colaboradores da Casa de Saúde São José

Já Carlos Nasser, Gerente de Recursos Humanos, da Casa de Saúde São José (CSSJ), conta que ficou responsável por garantir a distribuição de 200 sacolas entre os colaboradores do Hospital. Apesar de ser a primeira participação da CSSJ, a ação foi inovadora e teve muitos interessados. “Pessoas que nunca frequentam o RH, vieram aqui várias vezes, tivemos um médico que pegou sete sacolinhas. Em três dias conseguimos apadrinhar todas as sacolainhas, foi sensacional”, diz.

Os presentes arrecadados foram entregues durante as festas de confraternização de Natal, promovidas pelas Casas beneficiadas. Alguns colaboradores que participaram da iniciativa tiveram a oportunidade de entregar as sacolas pessoalmente. Algo que além de gratificante, trouxe muita emoção.

Entrega das sacolinhas na Creche São José de Itamarati

As crianças das Casas beneficiadas: Sagrada Família, Casa da Criança Vila Mariana, Núcleo Educacional Santa Catarina (SP), Santa Catarina e São José do Itamarati (Petrópolis) e Madre Regina (CE) e os idosos do Lar Madre Regina ficaram extremamente felizes e agradecidos, algo que foi traduzido no sorriso de cada um.

Fórum de captação de recursos

O Lar Madre Regina promoveu em outubro o “Fórum: Captação de Recursos”. Com o objetivo de orientar sobre as abordagens mais adequadas para captação, guiar a forma de envio de pedidos de apoio financeiro e promover a troca de experiências entre os participantes, o evento também foi uma oportunidade para a arrecadação de alimentos.

O evento contou com a participação da Dra. Cristiane Lopes, advogada, pós-graduada em Direito Contratual e MBA em Marketing pela PUC-SP, atuante na área de mobilização de recursos há 17 anos. Na sequência foram realizadas apresentações de outras entidades como a Cidade Vicentina Frederico Ozanan, a Casa Ondina Lobo e o Grupo Vida Brasil.

Todas as organizações têm o idoso como público alvo e revelaram as suas experiências e formas adotadas para captarem recursos.