Casas da ACSC celebram o dia de Santa Catarina

A data é comemorada em 25 de novembro e várias Casas se mobilizaram.

No Hospital Santa Catarina (SP), a data foi marcada pela chegada da única relíquia da santa existente no Brasil e que veio à São Paulo pela primeira vez.

O Hospital Santa Teresa (RJ) preparou uma celebração especial que reuniu os representantes do Banco de Sangue eda área de Segurança do Trabalho, haja vista que a data marcou também o Dia do Doador de Sangue e Dia da Segurança do Trabalho, respectivamente.

Com comoventes músicas cantadas e tocadas pelo coral do Hospital Amparo Maternal (SP), o momento de eucaristia foi dedicado à santa que é padroeira da Associação Congregação de Santa Catarina, dos estudantes, filósofos e moleiros (donos e trabalhadores de moinho).

Já o(SP) realizou uma celebração ministrada por Sérgio Marques, ministro da Paróquia São Judas Tadeu do Município de Itapevi, em comemoração ao Dia de Santa Catarina de Alexandria, comemorado em 25 de novembro. A liturgia diária foi lida com o auxílio do coral da Casa.

 

HSC comemora o Dia da Criança nas unidades pediátricas

No início de outubro, os pequenos pacientes da UTI Pediátrica e Unidade de Internação Pediátrica do Hospital Santa Catarina (SP) comemoraram o Dia das Crianças com muita animação.

Os super-heróis da ONG Pequenos Corações visitaram as crianças internadas e do PA Pediátrico, alegrando o dia dos baixinhos. No segundo dia, pela manhã, a criançada recebeu presentes doados pela parceira Mattel Brasil e, à tarde, o Coral HSC e o palhaço Bisnaguinha levaram muita alegria e diversão.

Hospital Santa Catarina inaugura UTI multidisciplinar

Com o objetivo de conciliar os avanços tecnológicos com a excelência na qualidade dos serviços, sempre aliados à segurança e ao atendimento humanizado, o Hospital Santa Catarina inaugurou em abril a Unidade de Terapia Intensiva voltada para o atendimento multidisciplinar.

A implantação do espaço é parte do projeto de expansão do hospital que, dividido em duas fases, conta com um total de R$ 12 milhões investidos. Os médicos Antônio Luis Eiras Falcão e Domingo Vicente Lopez são os coordenadores da nova UTI. “O hospital está se adequando à nova realidade brasileira”, explica Dr. Falcão. “Com o envelhecimento da população, precisamos nos preparar para melhorar ainda mais o atendimento dos pacientes críticos”, completa Dr. Lopez.

A nova área tem dez leitos e conta com infraestrutura completa, farmácia exclusiva, corpo clínico com 100% dos profissionais especializados em terapia intensiva e equipe multidisciplinar formada por enfermeiros, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, nutricionista e psicólogo.

Com infraestrutura moderna, equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados, o Hospital Santa Catarina dispõe de 148 leitos de internação, 73 leitos de UTI, 16 salas de cirurgia, 4 Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs neurológica, cardiológica, pediátrica e geral) e pronto-atendimento 24 horas.

Musical emocionante feito por idosos do Residencial Santa Catarina

Após tardes de encontros e ensaios com Carlos Tcharam, fundador do Grupo Violinos Tcharam, os residentes e colaboradores do Residencial Santa Catarina realizaram a apresentação do coral no salão principal do Hospital Santa Catarina.

Cheio de emoção, o grupo ficou extremamente contente em levar a mensagem e os votos de um Feliz Natal a todos os presentes.

Tarde musicais

Semanalmente, o músico Carlos Tcharam realiza tardes musicais com os idosos no Residencial Santa Catarina, uma das atividades mais requisitas e de maior audiência.

Novidades no Hospital Santa Catarina

No fim de 2013, o Hospital Santa Catarina apresentou aos seus colaboradores o novo Serviço de Diagnóstico em Mastologia e o novo local onde está localizado o Serviço de Endoscopia. Confira mais informações desta etapa de crescimento da nossa Instituição.

Serviço de Diagnóstico em Mastologia

Para realizar exames de mamografia, a Instituição utilizava um mamógrafo analógico. Hoje, para que este exame seja realizado com a melhor qualidade possível, foi criado o Serviço de Diagnóstico em Mastologia do Hospital Santa Catarina a partir da aquisição de um mamógrafo digital com tomossíntese, que proporciona exames mais seguros e eficientes.

A tomossíntese permite realizar o diagnóstico por meio de imagem tridimensional da mama, enquanto a mamografia convencional é bidimensional. As imagens são capturadas em diferentes angulações da mama e processadas em cortes de até um milímetro de espessura, o que reduz a necessidade de repetir os exames. Assim, o rastreamento de tumores torna-se mais eficiente e precioso.

“Hoje, segundo informações do fabricante do aparelho, este mamógrafo digital com tomossíntese existe apenas em quatro hospitais no Estado de São Paulo e em 12 no Brasil. É um equipamento multifuncional de ponta, o que há de melhor disponível no mercado”, explica Lindomar Cruz, Coordenador do Centro de Medicina Diagnóstica.

O Serviço de Diagnóstico em Mastologia do Hospital Santa Catarina começou a atender pacientes em novembro e está localizado no térreo do bloco B, dentro do CDI. Funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. As colaboradoras da Instituição podem realizar o exame aqui, pois o convênio Bradesco (apartamento e enfermaria) oferece cobertura.

 

Câncer de mama em números

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%. Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente.

Fonte: http://www.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/mama

 

Serviço de Endoscopia

Desde a década de 70, o Hospital Santa Catarina realiza procedimentos de endoscopia. Em São Paulo, foi pioneiro nessa área, como um dos primeiros hospitais a ter um espaço dedicado à endoscopia.

Em novembro de 2013, este serviço passou a atender os pacientes em nova localização, no segundo andar do bloco F. “O Serviço de Endoscopia do Hospital Santa Catarina é um dos mais antigos de São Paulo. Já esteve em diversos locais na Instituição e, agora, está em uma área definitiva, mais confortável e moderna”, conta Lindomar Cruz, Coordenador do Centro de Medicina Diagnóstica. São quatro salas para exames de endoscopia e colonoscopia, cinco salas de preparo e 12 espaçosos locais de repouso, garantindo a privacidade dos pacientes após o procedimento. Também foram adquiridos novos equipamentos.

 

O novo espaço está adaptado de acordo com as normas da Vigilância Sanitária e a expectativa é de elevar o número de pessoas atendidas. “O nosso serviço de endoscopia realiza exames endoscópicos do aparelho digestivo, das vias biliares e das vias aéreas. Com este novo espaço e a aquisição de novos equipamentos, o Hospital Santa Catarina se equipara aos principais hospitais de São Paulo para a realização destes procedimentos endoscópicos”, comenta o Dr. Carlos Cappellanes, médico responsável pela área.

Localizado no 2º andar do bloco F, o Serviço de Endoscopia atende pacientes de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 15h.

 

Você sabia?

  • Para realizar a endoscopia, é preciso utilizar um endoscópio, um tubo fino e flexível com lentes e luz próprias que possibilita visualizar órgãos internos em um monitor de vídeo.
  • Por meio de procedimentos de endoscopia é possível fazer o diagnóstico de tumores, localizar e caracterizar lesões, realizar biópsia e ajudar no planejamento de cirurgias.
  • O novo espaço da endoscopia recebeu o nome da Irmã Cornélia Bento de Macedo, que se dedicou por muitos anos a este serviço na Instituição.