HTO Dona Lindu promove 2ª edição da “Semana de Segurança do Paciente”

Entre os dias 16 e 19 de novembro, o Hospital de Trauma-Ortopedia Dona Lindu (RJ) realizou a segunda edição da “Semana de Segurança do Paciente”. O evento, organizado pela Gestão de Qualidade do hospital, teve como objetivo capacitar e informar os profissionais de saúde sobre a importância de procedimentos seguros no trato com os pacientes.

HTO Dona Lindu promove capacitação sobre curativos pós-cirúrgicos

Entre os dias 13 e 16 de outubro, o (RJ) promoveu um curso sobre técnicas de curativo pós-cirúrgico para representes de diversos municípios do Estado do Rio de Janeiro. Profissionais da área de saúde de 14 cidades participaram da capacitação, que foi organizada pela gestão de enfermagem do hospital.

Divididos em três turmas, os participantes tiveram aulas teóricas sobre as principais técnicas de curativos pós-cirúrgicos realizadas no HTODL, coordenadas por Sabrina Brasil, Enfermeira de T&D (Treinamento e Desenvolvimento), em apresentações de cerca de duas horas. Em seguida, utilizando um boneco, a enfermeira fez a demonstração prática do trabalho dos profissionais do hospital, indicando também o material utilizado nos cuidados com as feridas pós-cirúrgicas.

“Portas Abertas” recebe filhos dos colaboradores no HTO Dona Lindu

O Hospital de Trauma-Ortopedia Dona Lindu (RJ) abriu as portas para a criançada no início de outubro. A primeira edição do projeto “Portas Abertas” reuniu aproximadamente 50 crianças, filhos dos colaboradores do Hospital, que aproveitaram ao lado dos pais um dia de muita animação.

Na programação, cardápio especial no café da manhã e no almoço, além de visitas aos setores da Casa e muitas brincadeiras com uma equipe de recreadores, com a participação especial de personagens do mundo infantil como Peppa Pig e Galinha Pintadinha.

A iniciativa chamou a atenção do artista plástico Ivan Cruz, de Cabo Frio, na Região dos Lagos, que acompanhava a esposa recém-operada no HTO Dona Lindu e fez questão de contribuir com seu trabalho. Com objetivo de resgatar a tradição das brincadeiras antigas, Ivan fez desenhos junto com as crianças, mostrando a importância de brincar para o desenvolvimento de cada um.

Médicos do HTO Dona Lindu se destacam no Congresso Brasileiro de Quadril

Entre os dias 2 e 5 de setembro, os médicos especialistas em quadril do Hospital de Trauma-Ortopedia Dona Lindu (RJ), Doutores Luiz Carlos Zacaron, Bruno Rabello, Maurício Tarrago, Leonardo Sena, Sérgio Ricardo Neto, Igor Clare Pochmann e Fabiano Gomes, participaram da 16ª edição do Congresso Brasileiro de Quadril, em Fortaleza. O evento, que acontece a cada dois anos, é um dos mais importantes para o segmento da Ortopedia e Traumatologia e contou com a participação de cerca de 1.200 congressistas.

Para a Gestão de Ortopedia do HTO Dona Lindu, foi a oportunidade de uma apresentação de um grupo formado por jovens cirurgiões que, com apenas cinco anos de trabalho, já vêm realizando um trabalho significativo no que diz respeito à qualidade e quantidade de pacientes operados.

Durante o congresso, cada médico apresentou um trabalho a partir de dados coletados no banco da Casa. Um dos destaques foi a aula de Artroscopia do Quadril ministrada pelo Dr. Bruno Rabello, chefe do grupo do Quadril. Para o Gestor de Ortopedia, Dr. Luiz Carlos Zacaron, foi uma grande oportunidade de crescimento profissional e demonstração do potencial encontrado no HTO Dona Lindu.

Mutirão de Cirurgias Ortopédicas do HTODL chega à 20ª edição

Em setembro foi realizada a 20ª edição do Mutirão de Cirurgias Ortopédicas do Hospital de Trauma-Ortopedia Dona Lindu (RJ). Trinta pacientes que aguardavam por cirurgias nas especialidades de mão, joelho, quadril e ombro foram beneficiados. O mutirão, realizado desde 2012, é uma ação que permite a diminuição da espera por cirurgias ortopédicas no Sistema Único de Saúde (SUS) e chegou à marca de 570 pacientes atendidos.

De acordo com informações da Gestão de Ortopedia, cada mutirão conta com uma equipe médica altamente especializada, que envolve oito cirurgiões ortopedistas, oito anestesistas, quatro médicos residentes em Ortopedia, além de anestesistas e das equipes do CTI e das enfermarias.

Para conseguir a operação, o paciente deve procurar o médico especializado no posto de saúde de seu município. Este faz a avaliação e pede o encaminhamento à Secretaria de Saúde do município, que insere o paciente no cadastro do Sistema Estadual de Regulação, responsável pelo agendamento ambulatorial do paciente no HTO Dona Lindu.