Casas da ACSC se destacam no Prêmio Amigo do Meio Ambiente

Todos os anos, no mês de setembro, é realizado o Seminário dos Hospitais Saudáveis, que visa a discussão e atualização das melhores práticas de Responsabilidade Ambiental na área da Saúde. Na ocasião, ocorre a entrega do Prêmio Amigo do Meio Ambiente (AMA), que foi criado pela Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo (SES SP), com apoio técnico do Centro de Vigilância Sanitária, e tem como objetivo estimular iniciativas sustentáveis no âmbito do SUS em todo o Brasil. Na edição deste ano da premiação, dois trabalhos inscritos pela Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC), de autoria do Hospital Santa Teresa (RJ) e do Hospital Estadual Central (ES), foram premiados na Categoria “Destaque”, ficando entre os 15 melhores de 93 inscritos. A ACSC ainda recebeu cinco “menções honrosas” referente aos trabalhos de autoria das Casas AME Itapevi (SP), Hospital Regional de Cáceres (MT), OS-Santa Catarina (SP) e Administração Corporativa.

“A ACSC tem trabalhado em conjunto com suas Casas alinhando esforços para a Sustentabilidade e ter esses trabalhos reconhecidos nos desafia e encoraja a lembrar que temos a obrigação de promover ações para o bem da Casa Comum (Planeta Terra). A consciência ambiental não pode ser imposta, mas construídas com atitudes simples e duradouras”, afirma o diretor corporativo de Filantropia, Antônio Azevedo. Segundo o especialista corporativo de Responsabilidade Ambiental, Francisco Silvério Neves, todas as Casas da ACSC realizam ações voltadas ao meio ambiente. “É gratificante perceber o comprometimento e perceber que estamos lançando as sementes para a melhoria de nossos processos de trabalho”, diz.

Outra boa notícia é que, no mês de setembro, a ACSC recebeu o reconhecimento pelo compromisso assumido com a Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis na Categoria Sistema de Saúde, que tem como objetivo oferecer apoio a iniciativas em todo o mundo, visando promover maior sustentabilidade e saúde ambiental no setor saúde, fortalecendo assim os sistemas de saúde em nível mundial, passando a ser membro do Projeto Hospitais Saudáveis e Agenda Global para Hospitais Verdes e Saudáveis (AGHVS).

Esta rede foi criada em outubro de 2011, com o apoio de diversas organizações que representam mais de 3.500 hospitais nos seis continentes, e tem como objetivo promover a saúde pública e ambiental, assim como a redução dos danos ambientais na assistência à saúde.

Trata-se de uma iniciativa baseada no comprometimento dos estabelecimentos de saúde com, pelo menos, dois objetivos de um conjunto de 10. São eles:

LIDERANÇA: priorizar a Saúde Ambiental;
SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS: substituir Substâncias Perigosas por Alternativas mais Seguras;
RESÍDUOS: reduzir, tratar e dispor de forma segura os resíduos de Serviços de Saúde;
ENERGIA: implementar eficiência energética e geração de energia limpa renovável;
ÁGUA: reduzir o consumo de água e fornecer água potável;
TRANSPORTE: melhorar as estratégias de transporte para pacientes e funcionários;
ALIMENTOS: comprar e oferecer alimentos saudáveis e cultivados de forma sustentável;
PRODUTOS FARMACÊUTICOS: prescrição apropriada, administração segura e destinação correta;
EDIFÍCIOS: apoiar projetos e construções de Hospitais Verdes e Saudáveis;
COMPRAS: comprar produtos e materiais mais seguros e sustentáveis inter-relacionados e integrados, abordando as principais áreas de atuação para melhoria do desempenho ambiental e maior sustentabilidade no setor saúde.

Saiba mais sobre os trabalhos da ACSC que receberam o Prêmio Amigo do Meio Ambiente:

  • Premiados na Categoria Destaque:

Hospital Santa Teresa

Projeto “Reutilização de Mantas SMS em Projeto Social”

Descritivo – Reutilização das mantas de SMS, sem riscos de contaminação, no uso do projeto Curso de Costura Básica Industrial, realizado no Colégio Santa Catarina na cidade de Petrópolis.

Hospital Estadual Central Dr. Benício Tavares Pereira

Projeto “Cuidando da nossa Casa: ações de Sustentabilidade de um Hospital Público do Estado do Espírito Santo”

Descritivo – Promoção de práticas sustentáveis no HEC, tais como: a redução do consumo de energia elétrica, água e alimentos; o descarte correto dos resíduos; geração de alternativas sustentáveis de reaproveitamento de materiais; e educação ambiental do público interno e usuários para a promoção de uma cultura de responsabilidade com meio ambiente.

  • Menção Honrosa pela participação:

Administração Corporativa

Projeto “Amigo Sustentável”

Descritivo: Conscientização ambiental e redução do consumo de copos descartáveis por meio da troca de canecas não descartáveis para o consumo de líquidos nas Casas da ACSC e Administração Corporativa, despertando a interação, relacionamento e comprometimento dos participantes.

AME Itapevi

Projeto “Redução de consumo de copos: ferramentas para diminuição do consumo; práticas sustentáveis”

Descrição: Redução no consumo de copos plásticos por parte dos colaboradores do ambulatório através da substituição por canecas e squeezes, redução da geração de resíduos descartados de forma inadequada, mediante a divulgação de material educativo; diminuição do custo destinado à aquisição deste item como consequência da redução do consumo de copos descartáveis, por meio do estimulo e sensibilização dos colaboradores para consciência ambiental. Sendo apresentado também pelo AME Itapevi, um banner com o tema Água: reduzindo o consumo, através da conscientização sobre o uso do recurso. Ferramentas para a mudança de conceito sobre o uso da água.

Hospital Regional de Cáceres Dr. Antônio Fontes

Projeto “Custos Gerenciamento de Resíduos”

Descritivo: Estudo do impacto financeiro e ambiental na prática de segregação, transporte e destino final dos resíduos biológicos do HRC de forma adequada, respeitando as Normas da Vigilância Sanitária.

OS-Santa Catarina

Projeto “Meio ambiente e saúde mental: parceiros na caminhada”

Descritivo: Reinserir socialmente os usuários do CAPS Adulto Cidade Ademar por meio de projetos que consolidem as relações entre meio ambiente e saúde, apoiados em uma metodologia de construção participativa e que incorpore a saúde mental através da prática da horta terapia e da geração de renda como premissas metodológicas, com foco na qualidade de vida e na (re) integração junto à família e à comunidade.

“Momentos de Espiritualidade” passam por revitalização na Administração Corporativa

Os “Momentos de Espiritualidade” que antecedem todos os dias de trabalho na Administração Corporativa ganharam uma nova roupagem. Com início programado sempre para as 8h15, os grupos foram reorganizados e realocados para segundas, terças e quartas. A quinta-feira continua dedicada a um momento em conjunto com os colaboradores do Hospital Santa Catarina. A grande novidade ficou por conta da sexta-feira, quando os colaboradores de todas as áreas da Administração Corporativa compartilham um momento dedicado à espiritualidade, pautado por temas que remetem aos valores da ACSC.

Fruto de um trabalho realizado pela Coordenação Corporativa de Espiritualidade, em conjunto com o Grupo de Trabalho (formado por colaboradores representantes de todas as áreas corporativas), o novo formato atende a algumas sugestões apontadas pelos próprios colaboradores em uma pesquisa prévia, e tem por objetivo estimular a participação de todos, fazendo desta experiência um momento prazeroso e de comunhão entre todos.

A condução dos “Momentos de Espiritualidade” é sempre feita de forma voluntária por um colaborador. Nas sextas, este momento é conduzido pelo Grupo de Trabalho e conta com a participação de um grupo musical (formado pelos próprios colaboradores) e atividades, que estimulam a interação entre todos, além de propiciar uma reflexão pessoal sobre o significado da espiritualidade e sobre os valores relacionados aos temas abordados.

Casas de Saúde participarão de treinamento itinerante sobre ventilação mecânica

Os Hospitais São José e Santa Teresa, na região serrana do RJ, e os Hospitais São Luiz e Regional de Cáceres, localizados em Mato Grosso, entrarão na rota do “Dräger Truck”, um projeto itinerante de educação continuada, que visa treinar profissionais assistenciais em ventilação mecânica e terapia intensiva.

Idealizado pela Dräger, fabricante mundial de equipamentos hospitalares, os treinamentos são realizados em um caminhão totalmente customizado, que tem por meta percorrer 18 mil quilômetros, passando por cinco regiões brasileiras. Com 45 m² de área útil, o caminhão dispõe de um moderno showroom e uma sala de treinamento equipada com recursos audiovisuais, capaz de acomodar até 30 pessoas. Neste ambiente, médicos intensivistas, fisioterapeutas, enfermeiros e engenheiros clínicos discutem situações rotineiras em sua prática clínica e aprendem a contorná-las utilizando ventiladores mecânicos.

O treinamento da Dräger na ACSC é uma iniciativa da área de Logística Corporativa em conjunto com os hospitais, que buscam nas negociações oportunidades que ultrapassam as tratativas comerciais, com o objetivo de atingir os usuários e pacientes de toda ACSC. Foram incluídas na programação as Casas de Saúde que estão localizadas na rota traçada pela Dräger. O conteúdo dos treinamentos abordará fisiologia respiratória, ventilação mecânica básica, ferramentas para melhorar a sincronia entre paciente-ventilador, ventilação não invasiva, ferramentas avançadas e prática nos equipamentos. Os colaboradores do Rio de Janeiro participarão dos treinamentos no final de setembro. O caminhão chegará ao Mato Grosso em novembro.

NESC forma primeira turma do curso de Corte, Costura e Manicure

No início de setembro, a equipe do Núcleo Educacional Santa Catarina (SP), realizou a formatura da primeira turma do curso gratuito de Corte e Costura e Manicure. O evento contou com a presença das alunas formandas, seus familiares, uma representante do Fundo de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), do Diretor Corporativo de Filantropia, Antônio Carlos Nunes de Azevedo, e da Especialista Corporativo de Responsabilidade Social, Juliana Ioshimatsu.

Em parceria com o FUSSESP, o NESC promove para a comunidade local, desde julho de 2015, cursos gratuitos de corte e costura e manicure. Essa parceria terá duração de quatro anos e beneficiará mais de 200 pessoas que, além de formação qualificada, recebem também uma bolsa auxílio. Parabéns a todos os que apoiam essa importante parceria.

Oficina Cultural resgata memórias da infância no Lar Madre Regina

Em agosto, a psicóloga Silvana Cava realizou uma oficina cultural com acolhidos do Lar Madre Regina (SP). O trabalho foi realizado com o livro “Contos da Realidade – Vagalumes e Outros Bichos”, de Pedro J. Cardoso, que se apresentou e dialogou com os idosos. A ação também contou com o apoio da encarregada técnica, Ana Rosa.

A leitura dos contos deste livro contribuiu para desenvolver um trabalho de resgate das memórias da infância e das experiências na fazenda, que a maioria destes idosos vivenciou.

AME Itapevi, HSI e HTO Dona Lindu realizam SIPAT

Na semana do dia 17 a 21 de agosto, a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) do AME Itapevi (SP) organizou a 5ª SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho) em grande estilo, com o tema “Segurança no Trabalho e Educação Ambiental”, que tem como finalidade informar a importância desses assuntos dentro e fora de seu ambiente de trabalho.

Os colaboradores da instituição protagonizaram uma peça de teatro do “Chaves” na abertura do evento, que teve a finalidade de orientar e conscientizar os participantes sobre as diversas situações de prevenção de acidentes no trabalho, bem como evitar certos desperdícios quanto ao meio ambiente.

Durante a semana do evento, a Comissão de Sustentabilidade entrou em atividade e realizou o Amigo Sustentável, uma ação corporativa que envolveu todas as casas da ACSC através da troca de canecas entre os colaboradores da instituição para estimular o fim do uso de copos descartáveis. Para reforçar essa ação, um “canecódromo” foi instalado na copa para que os colaboradores que não têm como guardar a sua caneca possam utilizar esse espaço. Além disso, houve também sorteios de brindes e apresentações de peças de teatro voltadas ao tema SIPAT.

Já no Hospital Santa Isabel (SC), o tema da SIPAT foi “Motivação para prevenção” e propôs palestras motivacionais com profissionais de diferentes áreas, como psicologia, parapsicologia, yoga, enfermagem, beleza e estética.

Uma ação muito interessante foi convidar os colaboradores para responder a pergunta “o que motiva você a trabalhar no Hospital Santa Isabel?”. Ao responder a pergunta, eles foram convidados a participar da semana de motivação, quando a foto e a resposta foram expostas nas áreas de maior circulação, como refeitório e auditório.

O trabalho, segundo a professora de yoga e palestrante Marlene Volles, deve servir para que as pessoas se transformem, tornem-se seres humanos melhores, busquem o autoconhecimento, compreendam a mecânica da vida, retirem os excessos e fiquem mais leves e felizes.

Palestras com o tema “Motivação para Prevenção”, “conscientização do uso correto de perfurocortantes”, “motivação profissional atrelada a beleza” e “saúde psicológica como parte da atuação profissional” foram realizadas. Para fechar com chave de ouro, a equipe da CIPA – com o apoio da nutrição e cozinha da instituição – ofereceu um almoço especial, montou também dois estandes no auditório para os expositores Mary Kay e Cajosul e realizou sorteios de brindes que foram doados por parceiros do HSI.

No Hospital de Trauma-Ortopedia Dona Lindu (RJ), a SIPAT aconteceu no fim de agosto. A 5ª edição do evento contou com cinco dias de palestras, jogos e oficinas voltadas para a temática de segurança, além de sorteios de brindes.

Temas como ergonomia, alimentação, CIPA, qualidade de vida e Síndrome de Burnout foram debatidos. As colaboradoras do HTO Dona Lindu receberam representantes de “O Boticário” para um dia de maquiagem e cuidados com a pele, além de receberem uma sessão de massagem e relaxamento, coordenada pela Equipe de Fisioterapia. A sustentabilidade ambiental e a campanha “Amigo Sustentável” foram os destaques do último dia do evento. Para o SESMT, o evento superou as expectativas e foi um grande sucesso.

I Fórum de Urgência e Emergência no Hospital Regional de Cáceres

Foi realizado, no fim de agosto, o I Fórum de Urgência e Emergência das Regiões Oeste e Sudoeste do Mato Grosso. O evento aconteceu no Hospital Regional de Cáceres Drº Antônio Fontes (MT), por meio do Núcleo de Pesquisa e Extensão e contou com a parceria da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

A iniciativa de realizar este fórum surgiu após várias discussões a respeito da superlotação no setor de trauma e emergência do HRCAF. A superlotação das unidades hospitalares de Urgência e Emergência se constitui em um desafio multidimensional que deve ser pensado a partir de várias visões. Além da discussão central, o evento também teve como objetivo propor medidas de enfrentamento por meio dos diversos atores envolvidos no processo.

Pela primeira vez foi possível reunir no evento todos os secretários de Saúde de todos os municípios das regiões participantes, além dos convidados e, nos dois dias, foi possível observar, a partir dos grupos formados para discussões, a importância do evento, sendo um primeiro passo para a reflexão da problemática da superlotação na região.

Nas propostas apresentadas pelos grupos foram sugeridos o fortalecimento e ampliação da atenção básica dos municípios, estruturação de microregiões de referência, proposta de uma Regulação Estadual presencial na Regional de Cáceres e Pontes e Lacerda, com adesão a protocolos clínicos de encaminhamento e referência. A síntese das propostas será submetida à apreciação da Comissão Intergestora Regional (CIR) de Cáceres e de Pontes e Lacerda e, logo após, será encaminhada para a apreciação da Comissão Intergestora Bipartite (CIB) para posterior envio ao Secretário Estadual de Saúde do Estado de Mato Grosso.

HST realiza cirurgia cardíaca por vídeo inédita em Petrópolis

A cirurgia cardíaca minimamente invasiva por vídeo é uma das técnicas mais modernas utilizadas no tratamento de diversas doenças do coração.  Em Petrópolis, a primeira cirurgia desse tipo foi realizada no dia 5 de setembro pela equipe do Chefe da Cirurgia Cardíaca do Hospital Santa Teresa (RJ), Dr. Renato José de Souza e Silva, acompanhado do Dr. Josué Viana de Castro que veio prestigiar esse marco para o município.

O Dr. Renato explica que a nova técnica possibilita uma abordagem da válvula mitral do paciente, sem a manipulação do coração, o que garante menor trauma cirúrgico e um retorno às atividades de rotina em dez dias após a realização do procedimento.

Há um ano a gestora de RH Cintia Marques vinha sofrendo de cansaços, falta de ar ao realizar pequenos esforços e, após um exame de rotina, os resultados apresentaram alterações que indicavam doença mitral. “Para mim foi assintomático já que eu considerava o cansaço normal pelo ritmo de vida agitada que levava, mas não apresentava nenhum outro problema mais grave. E é justamente isso que chama atenção, se eu não tivesse o hábito de fazer um check-up com meu cardiologista anualmente, provavelmente o meu caso teria se agravado”, comentou.

Para o Diretor Executivo do HST, Ribamar Antunes Pereira, hoje, o Hospital Santa Teresa, com todos os seus aparatos tecnológicos e equipes médicas altamente capacitadas, coloca Petrópolis entre os principais municípios de toda a Região Serrana a oferecer tratamento de alta complexidade para a população.

Sustentabilidade: CSC-JF implanta sistema para captação de água da chuva

Com a grave crise hídrica que o Brasil está passando, algumas providências são necessárias e, pensando nisso, o Colégio Santa Catarina de Juiz de Fora (MG) investiu em um sistema que capta a água pluvial, com capacidade para armazenar até 30 mil litros. A água coletada é utilizada na descarga dos banheiros, na irrigação da horta e jardins e na lavação dos pátios do colégio, o que gera uma economia de 6,5% na conta de água.

Com cerca de 2.500 pessoas, entre alunos e funcionários, a iniciativa faz uma grande diferença e já contou com diversas ações. Uma delas, realizada no dia 22 de março, marcou as comemorações pelo Dia Mundial da Água. Estudantes de diversas séries fizeram o plantio de 120 mudas de árvores para proteger nascentes d’água no Parque da Lajinha. Além disso, outras atividades têm buscado conscientizar crianças e jovens quanto ao uso consciente da água, sobre coleta seletiva, reciclagem e outros assuntos afins.

 “O importante é destacar a contribuição do colégio para o meio ambiente e a lição pedagógica por trás disso tudo”, comenta Artur Giovannini, Diretor Executivo do CSC.

Campanha Criança Solidária 2015 no CSC-SP

Reforçar e vivenciar o ideal cristão e um estilo de vida enriquecido por nobres valores são motivações atuais e necessárias que fazem com que o Colégio Santa Catarina (SP) articule, por meio da Pastoral Escolar, a “Campanha Criança Solidária 2015”.

Durante esse período, alunos e colaboradores refletem sobre como ser um dom para as pessoas e doam um brinquedo em bom estado para ser entregue às crianças de algumas instituições da cidade de São Paulo.

Crianças comemoram a “Semana da Pátria” nas creches

As crianças das creches Madre Regina (CE) e Santa Catarina, em Petrópolis (RJ), comemoraram o 7 de setembro por meio de desfiles e projetos pedagógicos realizados em sala de aula.

Na Creche Madre Regina, durante toda a Semana da Pátria, foi realizado com as crianças o hasteamento da bandeira ao som do Hino Nacional e, em seguida, tocado o Hino da Independência. Nas salas, as professoras vivenciaram um projeto denominado “Nossa Pátria”, onde tiveram a oportunidade de conhecer a história do País e identificar os símbolos nacionais mediante a utilização de filmes e músicas relacionadas ao tema. A semana foi encerrada com um lindo momento cívico, onde as crianças se vestiram de verde e amarelo para desfilar.

A Creche Santa Catarina participou de um desfile cívico em parceria com o Colégio São José. O evento contou com a participação dos alunos da creche e da pré-escola, além dos alunos do CSJ. Após a apresentação, todos se deslocaram para o Ginásio Esportivo do São José, onde houve um ato cívico com a execução do Hino Nacional Brasileiro e apresentação da Banda Marcial Professor Amadeu Guimarães.