O impacto positivo da fé em tempos de crise

A ACSC esteve presente na 30ª edição do Business Club Healthcare, evento destinado à participação de gestores dos principais hospitais, operadoras e seguradoras de saúde do país. Representada pelo coordenador corporativo de, Celso Tomba, a ACSC participou do painel de encerramento do evento, “O impacto positivo da fé em tempos de crise”, realizado no dia 30 de novembro, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo.

No mesmo evento, o diretor técnico do Hospital Santa Catarina, Dr. Julio Massonetto, foi premiado na categoria “Representando a Comunidade de CEOs”, em “reconhecimento pela participação, contribuição e engajamento na busca de melhores práticas de gestão e desenvolvimento do setor saúde”.

O painel de encerramento colocou em discussão o impacto da fé na gestão das instituições de saúde, e a importância da fé como componente emocional para cura dos pacientes e como elemento motivador para superação de obstáculos em períodos de crise.

Também participaram do mesmo painel a Irmã Monique Bourget (diretora técnica do Hospital Santa Marcelina), Irmã Eleanor Paloma (coordenadora da Pastoral da PUC Campinas), Fabio Romano (terapeuta corporal do Hospital Israelita Albert Einstein) e Tânia Machado (CEO da TM Jobs, promotora do evento).

Ano Santo da Misericórdia: Jubileu Extraordinário promulgado pelo Papa Francisco

“A misericórdia de Deus é para todos!”. Dessa forma, o Papa Francisco convida todos os cristãos católicos a celebrarem o Jubileu Extraordinário da Misericórdia, que teve início no dia 8 de dezembro, com o rito de abertura da Porta Santa, na Basílica de São Pedro, no Vaticano. “Sejamos misericordiosos como o Pai”, pede o Papa, lembrando que a Igreja precisa ser “casa que acolhe a todos, e não recusa ninguém”.

A abertura do Ano Santo acontece no aniversário de 50 anos do Concílio Vaticano II, reunião de padres e especialistas que modificou muitas coisas dentro da Igreja Católica. O Papa Francisco destacou a riqueza do Concílio, que promoveu um verdadeiro encontro entre a Igreja e os homens deste tempo. “Um encontro marcado pela força do Espírito que impele a sua Igreja a ir ao encontro de cada homem no lugar onde vive”, ressaltou.

O Papa Francisco destacou que este Ano Santo é uma oportunidade para que todos possam “descobrir a profundidade da misericórdia do Pai”, que a todos acolhe e vai pessoalmente ao encontro de cada um. “Ponhamos de lado qualquer forma de medo e temor, porque não se coaduna em quem é amado; vivamos, antes, a alegria do encontro com a graça que tudo transforma”. O Jubileu se estenderá até 20 de novembro de 2016.

Casas de SP participam de capacitação sobre inclusão de pessoas com deficiência

Cerca de 120 colaboradores das Casas de São Paulo participaram do programa de capacitação sobre Inclusão de pessoas com deficiência ministrado pela Consolidar – Educação Inclusiva nos Negócios, empresa parceira da Fundação Dorina Nowill, que tem por objetivo ajudar empresas a construir uma cultura inclusiva, transformando o olhar das pessoas para a diversidade humana.

Iniciativa do “Vida Plena”, programa de inclusão da ACSC, a ação de sensibilização aconteceu no início de dezembro, aproveitando a referência ao Dia Internacional das Pessoas com Deficiência (celebrado em 3 de dezembro), e foi dividida em dois módulos:

Conscientização de Gestores e Equipes – direcionado aos gestores de pessoas com deficiência.

Programa “Despertar” – direcionado aos colaboradores com deficiência da ACSC.

As duas capacitações tiveram como premissa preparar os participantes para a inclusão no ambiente corporativo, por meio de orientações e dinâmicas que reforçaram comportamentos adequados à convivência e estimularam as pessoas com deficiência a tornarem-se protagonistas de suas histórias.

ACSC participa de fórum internacional do IHI

A ACSC participou do “27th Annual IHI National Forum on Quality Improvement In Healthcare”, um dos mais importantes eventos mundiais dedicados à melhoria da qualidade do cuidado e à segurança do paciente. Promovido pelo Institute for Healthcare Improvement – IHI, instituto voltado à melhoria dos cuidados de saúde e parceiro da ACSC no programa “Salus Vitae”, o evento foi realizado em Orlando, EUA, entre os dias 6 e 9 de dezembro.

A diretora corporativa de Qualidade e Segurança do Paciente, Dra. Camila Sardenberg, e a gerente médica corporativa, Dra. Camila Lajolo, apresentaram o programa Salus Vitae durante uma sessão especial para participantes da América Latina, e também o pôster “Using the Global Trigger Tool to identify adverse events in a Brazilian Hospital” (Usando a Ferramenta de Gatilho Global para identificar eventos adversos em um Hospital Brasileiro).

Com autoria de Dra. Camila Lajolo, Eliana Argolo (especialista corporativo de Qualidade e Segurança do Paciente), Dr. Augusto Neno (diretor técnico da CSSJ) e Sandra Neves (supervisora do Serviço de Patrimônio Clínico da CSSJ), o pôster traz o resumo de um trabalho realizado na Casa de Saúde São José, que teve por objetivo avaliar a aplicação de uma ferramenta para identificação de eventos adversos relacionados ao cuidado de saúde.

Após avaliar 123 prontuários aleatórios de pacientes internados na CSSJ no período de julho a dezembro de 2014, a equipe do estudo identificou 39 “gatilhos” de eventos adversos, por meio da aplicação da metodologia Global Trigger Tool (GTT). A identificação e acompanhamento destes “gatilhos” é importante para que a equipe assistencial evite a ocorrência de eventos adversos nos pacientes. O estudo foi realizado entre março e agosto de 2015. É a primeira vez que a ACSC apresenta um pôster no congresso do IHI.

ACSC tem novo superintendente

João Alberto Santos assumiu a superintendência da Associação Congregação de Santa Catarina em outubro. Graduado em Ciências Contábeis e Direito, com pós-graduação em Finanças, Controladoria, Direção Estratégica e Direito Societário pela Fundação Getúlio Vargas (SP), João tem especialização também em Direção Estratégica pela Fundação Dom Cabral e INSEAD (Fontainebleau, França), em Skill, Tools and Competences pela Fundação Dom Cabral e Kellog School of Management/Northwestern University (Evanston, Illinois, Estados Unidos), e Mercado Financeiro Internacional (Londres, Inglaterra). Conselheiro de Administração certificado pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, João desenvolveu carreira em empresas de diversos portes e segmentos da economia, nacionais e internacionais, atuando como diretor em empresas como Claro, Brasil Telecom e Telemig Celular.

SIPATMA da Administração Corporativa promove Ação Solidária

Com o tema “Eu Faço a Diferença”, a CIPA da Administração Corporativa promoveu entre 16 e 19 de novembro a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho e Meio Ambiente – SIPATMA. Durante o evento, os colaboradores tiveram a chance de participar de duas ações solidárias. A primeira aconteceu durante a fase de inscrições para a Caminhada de lançamento da SIPATMA, que ocorreu no dia 14 de novembro, no Parque do Povo, em São Paulo. As inscrições estavam condicionadas à doação de 1 kg de café por colaborador. Os 34 kg de café arrecadados foram doados ao Hospital Amparo Maternal. Mais de 70 pessoas, entre colaboradores e familiares, participaram da caminhada, onde, além de além de praticar uma atividade física, puderam também realizar uma grande confraternização. A segunda ação solidária aconteceu durante a Semana e arrecadou 176 fraldas geriátricas, 75 pares de meias, 57 sabonetes, 23 kg de arroz, 7 kg de feijão, 10 escovas de dentes, entre outros itens de consumo, que foram doados aos idosos do Lar Madre Regina.

A programação da SIPATMA contou com palestras sobre espiritualidade e estresse, sustentabilidade, saúde financeira, segurança no lar, ação social, saúde e prevenção de DSTs. Uma intervenção teatral realizada nos setores chamou a atenção dos colaboradores sobre a importância do comportamento seguro. Colaboradores do Hospital Santa Catarina também realizou uma participação especial, com a exibição da peça “SOS Rosarinho”. Um dos destaques do evento foi a palestra de encerramento. Realizada pelo educador, escritor e palhaço Claudio Thebas, a performance, em tom de espetáculo, alegrou e sensibilizou todos sobre a importância da escuta e da cooperação para uma convivência saudável no ambiente de trabalho.

“Vida Plena”: ACSC firma parcerias importantes para inclusão de profissionais com deficiência

Em continuidade às ações do “Vida Plena”, programa de inclusão para pessoas com deficiência, a ACSC firmou recentemente duas importantes parcerias com instituições dedicadas à inclusão de pessoas com deficiência. Um dos acordos foi feito com a Consolidar – Educação Inclusiva nos Negócios, frente com foco em empregabilidade da Fundação Dorina Nowill, que tem como principal objetivo ajudar empresas a construir uma cultura inclusiva, por meio da transformação do olhar das pessoas para a diversidade humana.

Com a Consolidar, a equipe Corporativa de Gestão de Pessoas promoverá quatro frentes de ação na ACSC: Conscientização de gestores e equipes; Programa Despertar para colaboradores com deficiência; Capacitação dos Profissionais de Gestão de Pessoas e Captação de novos talentos.

Firmada com a AME (Associação Amigos Metroviários dos Excepcionais), a outra parceria prevê a capacitação para pessoas com deficiência do mercado, que serão contratadas pela ACSC e, ao final deste período, serão direcionadas para Casas de São Paulo. Esta ação abordará temas e habilidades essenciais para o ambiente corporativo como trabalho em equipe, etiqueta empresarial, informática, atendimento ao cliente e rotinas administrativas.

Com todas as ações das parcerias firmadas, a ACSC planeja atingir 300 colaboradores da Entidade com ou sem deficiência. Desta maneira, a Associação busca ampliar ainda mais a conscientização que já vem trabalhando nas 33 Casas que administra nos setores de Saúde, Educação e Assistência Social.

ACSC inaugura instalações do Centro de Serviços Compartilhados em SP

Um “Momento de Espiritualidade” especial, com as bênçãos feitas pelo Padre Alexandre, marcou a inauguração das instalações do Centro de Serviços Compartilhados – CSC. Localizado no primeiro andar do Hospital Santa Catarina, em São Paulo, o espaço reformado conta com 53 posições de trabalho, distribuídas em 162 m², dispostas em cinco salas. O local abrigará em breve os profissionais do CSC, área corporativa que tem por objetivo unificar processos administrativos (e não processos fim) das diferentes áreas da ACSC, para que sirvam de forma centralizada e padronizada às diversas Casas, promovendo eficiência e melhoria nos serviços, estando de acordo com o Planejamento Estratégico 20015-2019. Além de facilitar o atendimento a requisitos legais, fiscais e contábeis, o CSC também aumentará a eficiência e controles de atividades administrativo-financeiras.

Atualmente, a equipe do projeto CSC está definindo a consultoria que dará suporte à estruturação dos novos protocolos e processos. Considerando o pré-projeto já discutido com as consultorias participantes no processo de seleção, os trabalhos já começam no local, ainda sem a produção contábil, de folha e de compras, previstas para a primeira onda, mas com o planejamento e definição dos protocolos e desenho dos processos, que serão realizados pela consultoria. No local também serão alocados outros consultores que atuam no projeto de adequação dos processos de folha de pagamentos. A previsão é que o CSC inicie as operações a partir de janeiro de 2016, com a contratação de novos profissionais.

Semana de Inclusão ACSC 2015

Com o intuito de reforçar a importância e a identificação da ACSC com o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência (21/09), a Administração Corporativa promoveu entre os dias 22 e 25 de setembro a “Semana de Inclusão ACSC 2015”. O evento, que faz parte do “Vida Plena” – programa de inclusão profissional da ACSC para pessoas com deficiência – reuniu uma série de atividades com o propósito de possibilitar experiências marcantes e despertar a reflexão dos colaboradores sobre o tema.

Cerca de 500 colaboradores das Casas de SP administradas pela ACSC participaram da programação que, entre os destaques, contou com a palestra “Responsabilidade Corporativa sobre Inclusão de Pessoas com Deficiência” (ministrada por Carolina Ignarra, fundadora e consultora da Talento Incluir), teatro de bonecos “Turma do Bairro” (da ONG Sorri Brasil), workshop de Libras, exposição dos “Pintores com a Boca e os Pés”, oficina de Origami (ministrada pela Aliança Cultural Brasil-Japão), experiência sensorial e o Coral da Associação de Deficientes Visuais e Amigos (ADEVA).

“É preciso respeitar as diferenças para incluir e para que isso aconteça, precisamos educar as pessoas para entender as diferenças”, disse Carolina Ignarra, fundadora e consultora da Talento Incluir. A palestra que Carolina ministrou na abertura da Semana trouxe uma lição de vida e superação. Formada em Educação Física, Carolina dava aulas de Ginástica Laboral, quando ficou cadeirante após um acidente de moto em 2001. Contra todas as adversidades, Carolina nunca deixou que sua deficiência colocasse limites na sua vida. Três meses depois do acidente, ela já estava trabalhando novamente, alguns anos depois criou sua própria consultoria, escreveu um livro, tornou-se palestrante, conheceu seu futuro marido, casou e teve uma filha, hoje com 10 anos. “O problema está nos rótulos de que a pessoa com deficiência é incapaz, coitadinho e dependente. A superação acontece na vida de todos e quando nos igualamos, temos mais chances de promover a inclusão. Devemos mudar nossos modelos mentais com disposição, consciência e atitude”, afirma.

De acordo com Carolina, no Brasil existem hoje mais de 45 milhões de pessoas com deficiência, sendo 11 milhões com capacidade laboral e 358 mil contratados. Do montante de pessoas com deficiência, 61% não têm instrução completa e somente 6,7% têm formação superior. Este cenário ilustra alguns desafios de desequilíbrio social que precisam ser vencidos no País. Pensando nisso, a ACSC criou em 2013 o Vida Plena, programa que tem por finalidade promover a inclusão das pessoas com deficiência por meio da capacitação e oferta de oportunidades nas Casas administradas pela Entidade. “Não queremos tratar o tema inclusão como algo obrigatório. Queremos, antes de tudo, incluir e cuidar das pessoas, sensibilizar nossos colaboradores em relação ao tema e integrar as pessoas com deficiência”, comenta Elizabeth Leonetti, diretora corporativa de Gestão de Pessoas e Comunicação.

Como resultado disso, o Vida Plena estabeleceu duas novas parcerias recentes. Em conjunto com a AME (Associação Amigos Metroviários do Excepcionais), a ACSC promoverá cursos de capacitação para pessoas com deficiência, com possibilidade de aproveitamento interno ao término da formação. A outra parceria com a Fundação Dorina Nowill prevê a capacitação da área de Gestão de Pessoas e das lideranças em relação ao tema de inclusão, ações direcionadas aos colaboradores com deficiência e apoio para a reabilitação de pessoas com deficiência visual.

Casas da ACSC se destacam no Prêmio Amigo do Meio Ambiente

Todos os anos, no mês de setembro, é realizado o Seminário dos Hospitais Saudáveis, que visa a discussão e atualização das melhores práticas de Responsabilidade Ambiental na área da Saúde. Na ocasião, ocorre a entrega do Prêmio Amigo do Meio Ambiente (AMA), que foi criado pela Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo (SES SP), com apoio técnico do Centro de Vigilância Sanitária, e tem como objetivo estimular iniciativas sustentáveis no âmbito do SUS em todo o Brasil. Na edição deste ano da premiação, dois trabalhos inscritos pela Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC), de autoria do Hospital Santa Teresa (RJ) e do Hospital Estadual Central (ES), foram premiados na Categoria “Destaque”, ficando entre os 15 melhores de 93 inscritos. A ACSC ainda recebeu cinco “menções honrosas” referente aos trabalhos de autoria das Casas AME Itapevi (SP), Hospital Regional de Cáceres (MT), OS-Santa Catarina (SP) e Administração Corporativa.

“A ACSC tem trabalhado em conjunto com suas Casas alinhando esforços para a Sustentabilidade e ter esses trabalhos reconhecidos nos desafia e encoraja a lembrar que temos a obrigação de promover ações para o bem da Casa Comum (Planeta Terra). A consciência ambiental não pode ser imposta, mas construídas com atitudes simples e duradouras”, afirma o diretor corporativo de Filantropia, Antônio Azevedo. Segundo o especialista corporativo de Responsabilidade Ambiental, Francisco Silvério Neves, todas as Casas da ACSC realizam ações voltadas ao meio ambiente. “É gratificante perceber o comprometimento e perceber que estamos lançando as sementes para a melhoria de nossos processos de trabalho”, diz.

Outra boa notícia é que, no mês de setembro, a ACSC recebeu o reconhecimento pelo compromisso assumido com a Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis na Categoria Sistema de Saúde, que tem como objetivo oferecer apoio a iniciativas em todo o mundo, visando promover maior sustentabilidade e saúde ambiental no setor saúde, fortalecendo assim os sistemas de saúde em nível mundial, passando a ser membro do Projeto Hospitais Saudáveis e Agenda Global para Hospitais Verdes e Saudáveis (AGHVS).

Esta rede foi criada em outubro de 2011, com o apoio de diversas organizações que representam mais de 3.500 hospitais nos seis continentes, e tem como objetivo promover a saúde pública e ambiental, assim como a redução dos danos ambientais na assistência à saúde.

Trata-se de uma iniciativa baseada no comprometimento dos estabelecimentos de saúde com, pelo menos, dois objetivos de um conjunto de 10. São eles:

LIDERANÇA: priorizar a Saúde Ambiental;
SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS: substituir Substâncias Perigosas por Alternativas mais Seguras;
RESÍDUOS: reduzir, tratar e dispor de forma segura os resíduos de Serviços de Saúde;
ENERGIA: implementar eficiência energética e geração de energia limpa renovável;
ÁGUA: reduzir o consumo de água e fornecer água potável;
TRANSPORTE: melhorar as estratégias de transporte para pacientes e funcionários;
ALIMENTOS: comprar e oferecer alimentos saudáveis e cultivados de forma sustentável;
PRODUTOS FARMACÊUTICOS: prescrição apropriada, administração segura e destinação correta;
EDIFÍCIOS: apoiar projetos e construções de Hospitais Verdes e Saudáveis;
COMPRAS: comprar produtos e materiais mais seguros e sustentáveis inter-relacionados e integrados, abordando as principais áreas de atuação para melhoria do desempenho ambiental e maior sustentabilidade no setor saúde.

Saiba mais sobre os trabalhos da ACSC que receberam o Prêmio Amigo do Meio Ambiente:

  • Premiados na Categoria Destaque:

Hospital Santa Teresa

Projeto “Reutilização de Mantas SMS em Projeto Social”

Descritivo – Reutilização das mantas de SMS, sem riscos de contaminação, no uso do projeto Curso de Costura Básica Industrial, realizado no Colégio Santa Catarina na cidade de Petrópolis.

Hospital Estadual Central Dr. Benício Tavares Pereira

Projeto “Cuidando da nossa Casa: ações de Sustentabilidade de um Hospital Público do Estado do Espírito Santo”

Descritivo – Promoção de práticas sustentáveis no HEC, tais como: a redução do consumo de energia elétrica, água e alimentos; o descarte correto dos resíduos; geração de alternativas sustentáveis de reaproveitamento de materiais; e educação ambiental do público interno e usuários para a promoção de uma cultura de responsabilidade com meio ambiente.

  • Menção Honrosa pela participação:

Administração Corporativa

Projeto “Amigo Sustentável”

Descritivo: Conscientização ambiental e redução do consumo de copos descartáveis por meio da troca de canecas não descartáveis para o consumo de líquidos nas Casas da ACSC e Administração Corporativa, despertando a interação, relacionamento e comprometimento dos participantes.

AME Itapevi

Projeto “Redução de consumo de copos: ferramentas para diminuição do consumo; práticas sustentáveis”

Descrição: Redução no consumo de copos plásticos por parte dos colaboradores do ambulatório através da substituição por canecas e squeezes, redução da geração de resíduos descartados de forma inadequada, mediante a divulgação de material educativo; diminuição do custo destinado à aquisição deste item como consequência da redução do consumo de copos descartáveis, por meio do estimulo e sensibilização dos colaboradores para consciência ambiental. Sendo apresentado também pelo AME Itapevi, um banner com o tema Água: reduzindo o consumo, através da conscientização sobre o uso do recurso. Ferramentas para a mudança de conceito sobre o uso da água.

Hospital Regional de Cáceres Dr. Antônio Fontes

Projeto “Custos Gerenciamento de Resíduos”

Descritivo: Estudo do impacto financeiro e ambiental na prática de segregação, transporte e destino final dos resíduos biológicos do HRC de forma adequada, respeitando as Normas da Vigilância Sanitária.

OS-Santa Catarina

Projeto “Meio ambiente e saúde mental: parceiros na caminhada”

Descritivo: Reinserir socialmente os usuários do CAPS Adulto Cidade Ademar por meio de projetos que consolidem as relações entre meio ambiente e saúde, apoiados em uma metodologia de construção participativa e que incorpore a saúde mental através da prática da horta terapia e da geração de renda como premissas metodológicas, com foco na qualidade de vida e na (re) integração junto à família e à comunidade.

“Momentos de Espiritualidade” passam por revitalização na Administração Corporativa

Os “Momentos de Espiritualidade” que antecedem todos os dias de trabalho na Administração Corporativa ganharam uma nova roupagem. Com início programado sempre para as 8h15, os grupos foram reorganizados e realocados para segundas, terças e quartas. A quinta-feira continua dedicada a um momento em conjunto com os colaboradores do Hospital Santa Catarina. A grande novidade ficou por conta da sexta-feira, quando os colaboradores de todas as áreas da Administração Corporativa compartilham um momento dedicado à espiritualidade, pautado por temas que remetem aos valores da ACSC.

Fruto de um trabalho realizado pela Coordenação Corporativa de Espiritualidade, em conjunto com o Grupo de Trabalho (formado por colaboradores representantes de todas as áreas corporativas), o novo formato atende a algumas sugestões apontadas pelos próprios colaboradores em uma pesquisa prévia, e tem por objetivo estimular a participação de todos, fazendo desta experiência um momento prazeroso e de comunhão entre todos.

A condução dos “Momentos de Espiritualidade” é sempre feita de forma voluntária por um colaborador. Nas sextas, este momento é conduzido pelo Grupo de Trabalho e conta com a participação de um grupo musical (formado pelos próprios colaboradores) e atividades, que estimulam a interação entre todos, além de propiciar uma reflexão pessoal sobre o significado da espiritualidade e sobre os valores relacionados aos temas abordados.

Casas de Saúde participarão de treinamento itinerante sobre ventilação mecânica

Os Hospitais São José e Santa Teresa, na região serrana do RJ, e os Hospitais São Luiz e Regional de Cáceres, localizados em Mato Grosso, entrarão na rota do “Dräger Truck”, um projeto itinerante de educação continuada, que visa treinar profissionais assistenciais em ventilação mecânica e terapia intensiva.

Idealizado pela Dräger, fabricante mundial de equipamentos hospitalares, os treinamentos são realizados em um caminhão totalmente customizado, que tem por meta percorrer 18 mil quilômetros, passando por cinco regiões brasileiras. Com 45 m² de área útil, o caminhão dispõe de um moderno showroom e uma sala de treinamento equipada com recursos audiovisuais, capaz de acomodar até 30 pessoas. Neste ambiente, médicos intensivistas, fisioterapeutas, enfermeiros e engenheiros clínicos discutem situações rotineiras em sua prática clínica e aprendem a contorná-las utilizando ventiladores mecânicos.

O treinamento da Dräger na ACSC é uma iniciativa da área de Logística Corporativa em conjunto com os hospitais, que buscam nas negociações oportunidades que ultrapassam as tratativas comerciais, com o objetivo de atingir os usuários e pacientes de toda ACSC. Foram incluídas na programação as Casas de Saúde que estão localizadas na rota traçada pela Dräger. O conteúdo dos treinamentos abordará fisiologia respiratória, ventilação mecânica básica, ferramentas para melhorar a sincronia entre paciente-ventilador, ventilação não invasiva, ferramentas avançadas e prática nos equipamentos. Os colaboradores do Rio de Janeiro participarão dos treinamentos no final de setembro. O caminhão chegará ao Mato Grosso em novembro.

Jovem aprendiz do RSC e seu dom de desenhar

O Residencial Santa Catarina (SP) conta com o trabalho de Guilherme Barreira de Castro, um jovem aprendiz do setor de Nutrição que se dedica a um grande talento nas horas vagas: a arte de desenhar.

Guilherme descobriu que tinha facilidade para desenhar aos sete anos. Costumava desenhar personagens famosos de quadrinhos, como Mônica e Cebolinha, além de carros, que eram a sua grande paixão. Chegou a ficar um período sem desenhar, até que um dia viu uma exposição de desenhos realísticos e decidiu retomar o hobby.

Embora nunca tenha feito um curso para desenvolver sua habilidade, Guilherme segue com seu dom e busca muitas informações em vídeos na internet para aprimorar a sua técnica.

Campanha do Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho

O Brasil foi o primeiro país a ter um serviço obrigatório de segurança e medicina do trabalho em empresas com mais de 100 funcionários. Este passo foi dado no dia 27 de julho de 1972, por iniciativa do então Ministro do Trabalho Júlio Barata, que publicou as portarias 3.236 e 3.237, que regulamentavam a formação técnica em Segurança e Medicina do Trabalho e atualizavam o artigo 164 da CLT. Por isto, a data foi escolhida para ser o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho.

De forma a chamar a atenção dos colaboradores para a importância da data, a ACSC promoveu uma campanha corporativa, com duração de uma semana, com dicas diárias sobre prevenção e orientações sobre atitudes seguras no ambiente de trabalho. A CIPA e a Segurança do Trabalho organizaram ainda duas palestras com um especialista em segurança, na Administração Corporativa. No Hospital Santa Catarina (SP), a CIPA promoveu em parceria com o RH/Segurança do Trabalho uma blitz de segurança nas escadarias, com o intuito de reforçar o uso do corrimão, principalmente entre os colaboradores que têm o hábito de utilizar o celular enquanto transitam pelo local. Outra blitz realizada no corredor de acesso à portaria de funcionários espalhou pelo chão figuras de obstáculos que podem causar acidentes, como poça de água, buraco e casca de banana. Posicionada estrategicamente no local, a equipe da CIPA alertava os colaboradores sobre a importância de estar atento aos sinais e obstáculos presentes no caminho.

Eleição da nova Provincial

O Capítulo Provincial da Associação Congregação de Santa Catarina aconteceu de 4 a 14 de julho, no Convento Madre Regina (RJ,) com a presença da coordenadora geral, Irmã Vera Loss, e das conselheiras gerais Irmãs Adelaide Schmoeller e Clair Werner. O novo Conselho Provincial, que irá atuar nos próximos três anos, foi eleito tendo Irmã Terezinha Alvez Cardoso como Provincial e Irmã Aparecida Nogueira como vice. As conselheiras eleitas foram as Irmãs Guizzo, Penha Fiorido, Zuleide Daros e Clementina Back.

Salus Vitae: Líderes participam do Fórum Latino Americano do IHI

Dando continuidade ao Programa Salus Vitae, no pilar Liderança de Alto Impacto, aproximadamente 50 líderes da ACSC participaram, nos dias 14 e 15 de agosto, do 1º Fórum Latino Americano de Qualidade e Segurança na Saúde, evento realizado no World Trade Center em São Paulo, cujo tema foi “Em Busca da Sustentabilidade”. O evento foi promovido pelo Hospital Israelita Albert Einstein, em parceria com o Institute for Healthcare ImprovementIHI, renomada organização internacional que tem por missão promover a melhoria dos cuidados de saúde em instituições no mundo todo. O IHI é também o parceiro da ACSC no Programa Salus Vitae.

Alguns dos maiores especialistas no tema, no mundo, como Don Berwick e Maureen Bisognano, respectivamente fundador e atual presidente do IHI, fizeram uma reflexão sobre a segurança do paciente, custo e benefício na saúde, eficiência, melhoria da qualidade, sustentabilidade ambiental, inovação, gestão populacional, responsabilidade do indivíduo pela própria saúde, conhecimento sobre saúde populacional, entre outros tópicos. Os líderes da ACSC tiveram a oportunidade de conversar privadamente com alguns destes especialistas, incluindo a própria presidente do IHI.

O segundo momento das sessões presenciais do Salus Vitae já está marcado! Para a turma do Ciência da Melhoria na Prática – Improvement Science in Action (ISIA) será nos dias 23 e 24 de setembro em São Paulo, e para a turma Colaborativa será nos dias 1º e 2 de outubro, no Rio de Janeiro.

Agenda Corporativa aborda temas estratégicos com as Casas

A Administração Corporativa da Associação Congregação de Santa Catarina – ACSC promoveu em junho uma agenda especial de eventos direcionados à participação dos executivos e profissionais de algumas áreas das Casas. A Agenda abordou temas relevantes, vinculados ao Planejamento Estratégico da entidade, que agregam valor prático aos processos e à forma de fazer gestão. Saiba mais sobre os eventos:

Workshop de Planejamento Estratégico e Orçamentário

O evento ocorreu durante três dias, no dia 15 de junho voltado aos líderes e representantes do GAPE das Casas, e nos dias 16 e 17 de junho para os representantes do GAPE, gestor da folha de pagamento e profissionais responsáveis pela elaboração e acompanhamento dos orçamentos das Casas. O encontro trabalhou um dos principais desdobramentos do Mapa Estratégico: o orçamento. “É importante mantermos a estratégia viva e deixar que ela reflita no dia-a-dia. Além disso, uma vez iniciado o ciclo, é preciso dar atenção à forma como tratamos a parte mais importante da estratégia, a execução”, diz a gerente corporativa de Planejamento Estratégico e Controle, Kelly Mattos.

Encontro do Setor de Educação

Dia 16 de junho foi a vez do Encontro do Setor de Educação, no Colégio Santa Catarina de São Paulo (SP). O evento reuniu a liderança das Casas de Educação, que tiveram a oportunidade de trocar experiências e realizar um alinhamento administrativo e pedagógico, rumo à unidade das Casas de Educação da ACSC.

Programa Salus Vitae

No dia 16 também houve o lançamento do Salus Vitae, um programa idealizado pela Diretoria Corporativa de Qualidade e Segurança do Paciente que tem por objetivo melhorar a qualidade do cuidado e a segurança do paciente com base na promoção do cuidado seguro, efetivo, eficiente e centrado na pessoa. O programa tem duração de 18 meses e foi desenvolvido em parceria com o Institute for Healthcare ImprovementIHI, renomada organização internacional que tem por missão promover a melhoria dos cuidados de saúde em instituições no mundo todo.

O programa se destina a todas as Casas de Saúde da ACSC, assim como Lar Madre Regina e Residencial Santa Catarina. Além disso, oferece uma série de treinamentos presenciais e à distância, divididos em três grandes pilares:

– Liderança de alto impacto: exclusivo para os líderes, tem como propósito reforçar a segurança do paciente como prioridade estratégica, conscientizar a liderança sobre a importância da adoção de novos comportamentos e modelos mentais para atingir objetivos relacionados à qualidade do cuidado e segurança do paciente em âmbito sistêmico.

– Ciência da Melhoria na Prática – Improvement Science in Action (ISIA): direcionado à participação de profissionais assistenciais da linha de frente indicados pelas Casas. Durante nove meses, cada equipe desenvolverá um projeto focado na melhoria de processos assistenciais utilizando, como ferramenta, a metodologia da Ciência da Melhoria.

– Colaborativa: também direcionado à participação de profissionais assistenciais indicados pelas Casas, os workshops da Colaborativa mobilizarão todas as equipes em torno de um grande objetivo: reduzir a ocorrência de infecção relacionada à assistência dentro das UTIs.

Durante 18 meses, os participantes terão como missão utilizar a Ciência da Melhoria para implantar práticas baseadas em evidência, com o objetivo de alcançar ainda mais melhorias no processo de cuidado.

 O lançamento do programa aconteceu em São Paulo, no dia 16 de junho com o pilar Liderança de Alto Impacto, e seguiu com as primeiras sessões presenciais dos grupos Colaborativa e ISIA nos dias 17, 18 e 19 e dias 22, 23 e 24 de junho, respectivamente.

De acordo com Camila Lajolo, gerente Médica de Qualidade e Segurança do Paciente, o programa Salus Vitae não pretende ensinar aspectos técnicos da medicina para os profissionais da saúde, e sim ensinar estes profissionais a utilizarem o Modelo de Melhoria para desenvolver, testar e manter melhorias confiáveis e sustentáveis.

II Encontro de Sustentabilidade Ambiental

O evento, que ocorreu no dia 17 de junho para os líderes, Irmãs e profissionais de Sustentabilidade das Casas com transmissão via videoconferência para sete pontos, contou com 148 participantes e teve como proposta seguir as diretrizes do Planejamento Estratégico, recordar o Dia Mundial do Meio Ambiente, conscientizar e fomentar as ações para sustentabilidade ambiental, além de promover o compartilhamento dos projetos ambientais na ACSC.

De acordo com Francisco Silvério Neves, especialista corporativo de Responsabilidade Ambiental, o momento foi essencial para prestar contas, alinhar conceitos, debater a legislação ambiental, trocar experiências com outra instituição de saúde, difundir ações de sustentabilidade ambiental realizada nas Casas e assumir compromissos alinhados ao Pacto Global.

As Casas das três áreas de atuação da ACSC (Saúde, Educação e Assistência Social) apresentaram seus projetos e práticas ambientais sobre:

– Crise Hídrica (Plano de Contingência de Água e Energia Elétrica, Captação de Energia Solar e seus Benefícios Econômicos);

– Conscientização para Educação Ambiental;

– Etapas para Programa de Gerenciamento de Resíduo Sólido (PGRS).

A dinâmica de apresentação permitiu incorporar experiências, um momento para evidenciar o capital intelectual da ACSC e permitir que a sustentabilidade ambiental permeie todas atividades da entidade.

 

Campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Desde 2014, a ACSC adere à Campanha Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes que visa conscientizar, informar e discutir sobre a temática da exploração sexual de crianças e adolescentes. As 34 Casas (Saúde, Educação e Assistência Social) e a Administração Corporativa estão trabalhando o tema com os colaboradores, usuários, pacientes, estudantes, familiares, sociedade civil e órgãos públicos a fim de mobilizar ações internas e externas para a prevenção e combate desse crime que envergonha, humilha e traumatiza as crianças e adolescentes.

A Campanha começou no dia 18 de maio e encerrará no dia 25 de novembro e, durante este período, todos estão realizando atividades e ações tais como: palestras, rodas de conversa, exposição de cartazes, distribuição de panfletos, divulgação em rádio, entre outras iniciativas. A expectativa é de que até o dia 25 de novembro, Dia de Santa Catarina, a ACSC possa ter contribuído institucionalmente para combater esse malefício e que seja fortalecido o lema nacional da Campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes: Esquecer é permitir, lembrar é combater.

 

ACSC adere ao movimento “Acesso à Saúde – Meu Direito é um Dever do Governo”

As redes de saúde sem fins lucrativos voltadas ao SUS (Sistema Único de Saúde) vêm enfrentando dificuldades financeiras, em todo o Brasil, devido à falta de repasses por parte do poder público e em razão da desatualização da tabela SUS, que cobre apenas 60% do custo real dos procedimentos. Ao longo dos anos, essa situação tem se agravado, levando muitas instituições a um processo gradativo de falência e colocando em risco a qualidade dos serviços prestados. Com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para este problema, assim como buscar uma solução para a sobrevivência das Santas Casas e hospitais filantrópicos no SUS, com base no equilíbrio econômico e financeiro e recursos que garantam a qualidade dos serviços prestados, a Confederação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos (CMB) criou o “Acesso à Saúde – Meu Direito é um Dever do Governo”, um movimento nacional que conta com o apoio das 50 maiores Santas Casa e hospitais filantrópicos no Brasil.

A Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC) apoia este movimento. Somente com as Casas de Saúde administradas pela entidade, que prestam atendimento ao SUS, o Governo tem uma dívida significativa que prejudica a gestão sustentável praticada pela ACSC e impossibilita um aumento maior no número de pacientes atendidos pela Instituição. Para promover o movimento e a reflexão sobre o tema, as Casas e a Administração Corporativa participaram do Dia D em Defesa da Saúde.

No dia 29 de junho, todas as entidades ligadas ao movimento realizaram o “Dia D em Defesa da Saúde”, uma grande ação em todos os municípios de conscientização e discussão com a sociedade sobre a realidade das Santas Casas e hospitais filantrópicos. De acordo com estudo realizado pela CMB, da rede que abrange 2.100 hospitais filantrópicos, indispensável para o país, 83% funciona com prejuízos crescentes. Além disso, a defasagem na tabela do SUS e mecanismos de remuneração ultrapassados produziram um rombo de aproximadamente R$ 17 bilhões entre as entidades. No dia 13 de julho a ação foi voltada a todos os Estados brasileiros com uma apresentação do panorama estadual e nacional da situação das Santas Casas e hospitais filantrópicos.

No dia 4 de agosto será realizado o Dia D da Saúde no âmbito nacional em Brasília, cuja expetativa da CMB é ter uma maciça participação da sociedade civil (prestadores de serviços, usuários do SUS, profissionais de saúde, secretários municipais e estaduais, parlamentares e demais órgãos públicos), haja vista que as autoridades precisam perceber o impacto na cadeia produtiva de valor do setor de saúde filantrópico não somente no atendimento hospitalar e ambulatorial, mas também na geração de emprego e renda.

“Corrente da Proteção” celebra o Dia Mundial de Higienização das Mãos

Em celebração ao Dia Mundial da Higienização das Mãos (5 de maio), a Diretoria Corporativa de Qualidade e Segurança do Paciente promoveu a “Corrente da Proteção”, uma grande ação que envolveu todos os colaboradores da Associação Congregação de Santa Catarina.

De forma a sensibilizar todos sobre a importância do tema, as irmãs e os gestores das Casas e da Administração Corporativa deram início à Corrente e foram os primeiros a assinar um livro de compromisso com o propósito de zelar pela atitude de prevenção. Eles também higienizaram as mãos e passaram o refil com álcool gel adiante para que o mesmo ato pudesse ser replicado.

Todos os colaboradores da Administração Corporativa, Casas de Saúde, Educação (inclusive alunos) participaram desta ação.

Reatech: Premiação do Concurso Cultural Vida Plena

Entre os dias 9 e 12 de abril, a ACSC participou em São Paulo da Reatech – Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade. O objetivo desta participação foi apresentar o Vida Plena, programa de inclusão profissional da ACSC para pessoas com deficiência, além de efetuar cadastros e divulgar oportunidades de trabalho abertas pela Instituição em todo o Brasil.

Quem visitou o estande da ACSC na Reatech pôde participar do concurso cultural que propunha a formulação de uma frase a partir da pergunta: “O que é ter uma Vida Plena no trabalho para você?”. Centenas de pessoas participaram do concurso e no dia 3 de junho foi realizada a premiação na Administração Corporativa da ACSC.

O primeiro lugar foi para Rubner dos Santos. Autor da frase: “Ter Vida Plena no trabalho é saber aproveitar as oportunidades, superar desafios e dar exemplos de vida”, Rubner levou um tablet para casa. Marli Morroni foi a autora da segunda melhor frase: “Ter Vida Plena no trabalho é ter acesso a todas as oportunidades e ser tratado sem exclusão, com respeito e dignidade”. A terceira posição ficou com Roberta Ramalho, que formulou a frase: “Ter Vida Plena no trabalho é ser reconhecida como pessoa que tem limitações, mas que consegue realizar as tarefas de maneira diferente, mas eficiente e ágil”.

As ganhadoras do segund0 e terceiro lugar foram premiadas com o Kit Experiência, um livreto no qual é possível escolher uma experiência para usufruir em meio a várias opções, tais como atividades esportivas ou radicais, tratamentos de beleza e relaxamento, entretenimento, vouchers para SPAs e restaurantes.

No mesmo dia, os premiados visitaram a Casa da Criança de Vila Mariana, uma das Casas administradas pela ACSC. Rubner aprovou a experiência: “Foi uma grande honra poder participar do Concurso Cultural Vida Plena, fiquei bastante surpreso com o resultado final. Não esperava ser um dos vencedores em meio a tantas frases e ganhar em 1º lugar. Foi uma verdadeira benção de Deus! A recepção e a acolhida de todos na Associação foi ótima e me senti em casa, aproveitei bastante o dia, pude conhecer as instalações e um pouco do trabalho que eles realizam. Com certeza ficará marcado para sempre as lembranças desse dia tão especial”, conta.